DIRETORES DA FENATE REPUDIAM ELEIÇÃO PARALELA E TOMAM PROVIDÊNCIAS

20.07.2018

Após a eleição de 03 de junho pp, estabelecida dentro dos parâmetros do que reza o Estatuto Social da Fenate, que teve como Chapa Única a Diretoria liderada por Jucelito  Cardoso, um grupo encabeçado pelo ex-presidente Jurandir Teixeira Albuquerque decidiu fazer uma eleição paralela, desobedecendo o Estatuto, por não aceitarem a Chapa apresentada.
Passaram a criar situações constrangedoras com notícias caluniosas e difamatórias contra os diretores, através dos grupos do whatsapp, e ainda criando um site paralelo, o que fez com que a Diretoria entrasse com denúncia no Ministério Público, após registrar uma Ata Notorial em cartório, para comprovação dos fatos. (Ata Notorial - 47MB)

JUCELITO CARDOSO, PRESIDENTE DA FENATE -  “o terapeuta é uma classe em vias de extinção, diante de tantas coisas que vem acontecendo nos últimos tempos, e a categoria não percebe. Senhores terapeutas,  imaginem quem deve estar cedendo recursos pra estas pessoas fazerem o que fazem!"

Continua
"Somente é enganado o terapeuta que desconhece a caminhada da FEDERAÇÃO. Desconhece que se existe Carta Sindical é porque já ouve um trabalho anterior de uma das fundadoras da FEDERAÇÃO, esta que tanto eles denigrem em suas prolações. Nosso CONSELHO DE CLASSE já era pra estar montado em pleno funcionamento, se não fosse a desunião da categoria, as influências destes que contatam cada terapeuta e até órgãos públicos tentando influenciar e criando pânico com suas ameaças, conseguindo muitas vezes seus intentos para prejudicar a continuidade dos trabalhos da Federação.  Cada vez mais ousada se torna a agressão a FENATE  e ao terapeuta. Contra fatos não há argumentos. A FENATE é a única entidade jurídica que vem  envidadndo todo  esforço  pela categoria profissional de Terapeutas.” Conclui o presidente, Jucelito Cardoso


ADEILDE MARQUES - A Vice-presidenta da Fenate, Adeilde Marques, embora afastada para concorrer ao cargo de Deputada Federal, enfatiza um alerta aos terapeutas do Brasil, lembrando que desde 2013 as perseguições contra a Fenate e sua pessoa, são constantes. “Isso é natural  quando se constrói uma história de lutas e conquistas, o que desperta  a ganância dos incompetentes em querer abarcar uma instituição forte como se tornou a Fenate, o único órgão de classe que defende e luta realmente pela categoria de Terapeutas no Brasil”, diz Adeilde Marques.


MILSON DE CASTRO - O Presidente do Conselho Nacional de Ética da Fenate, Milson de Castro, também Jornalista e advogado, declara:
“A FENATE é verdadeiramente a Instituição constituída juridicamente dentro das leis,  e que está oficialmente eleita. Logo, qualquer outra pessoa que usar indevidamente o nome da Instituição estará sujeito às penalidades contidas no Código Penal Brasileiro e em todas as leis vigentes do país.

 Continua

Parabéns meu amigo Jucelito, A FENATE existe há muitos anos e é  uma Federação que goza de grande credibilidade por parte dos seus associados e membros, e das autoridades desse país. Como Presidente do Conselho de Ética da FENATE aprovo totalmente sua atitude no momento,  em trazer a público o que realmente vem  ocorrendo com o nome da Instituição pois quem usa seu nome  indevidamente a fim de denegrir o nome da entidade, além de cometer crime contra o patrimônio e o nome de uma Instituição, comete também o crime de apropriação indébita e estará sujeito inclusive a uma ação de perdas e danos morais pois está colocando o nome da Instituição e de seus membros em risco perante as leis.”, conclui Milson de Castro